terça-feira, 28 de agosto de 2007

Coaching: o que é?


Uma prática muito comum nas organizações modernas de hoje é o Coaching!

Coaching, significa treino: essa é a tradução directa. O conceito foi importado do desporto e passou rapidamente para o contexto das organizações. Neste contexto, coaching significa treinar alguém no desenvolvimento de competências comportamentais.
Uma definição sucinta pode ser a seguinte: o coaching "é um processo que converte as situações de trabalho em momentos de aprendizagem, de uma forma planeada e acompanhada".
Trata-se de uma ferramenta fundamental para os gestores actuais, com níveis imediatos ao nível do Retorno sobre o Investimento, uma vez que lhes permite, por meio da ajuda do seu coach (treinador) gerirem e liderarem de uma forma mais eficaz as pessoas que os rodeiam, o seu trabalho, a sua empresa e/ou a sua carreira.

O coach funciona como um conselheiro individual e mantém, quer com a organização, quer com aqueles com faz pratica coaching, um código de ética, com base que se baseia em compromisso, carácter e cooperação.
O perfil de um coach é, antes de mais, o perfil de uma pessoa com altos níveis de bom senso e experiência. Contudo, isso não é suficiente. O coach compreende e respeita as diferenças individuais, característica sem a qual os juízos de valor e os julgamentos morais se tornam inevitáveis. Isso deve ser evitado: o coach não julga e/ou critica. Ajuda.
Depois, é uma pessoa que gosta de se relacionar com os outros, obviamente. Sem a apetência pelos relacionamentos interpessoais, a sua tarefa seria uma estafa! Além disso, o coach tem uma fantástica capacidade de escuta porque, na realidade, as sessões de coaching são momentos de comunicação e a ausência desta característica num coach traduz-se em perda de vigor do processo.
E finalmente, o coach é uma pessoa em quem confiamos: sabemos que o coach não usaria a informação recolhida ou a vulnerabilidade do seu "cliente" para proveito próprio ou em prejuízo alheio. A confiabilidade é uma peça fundamental de todo o processo e uma característica imprescindível do coach.

4 comentários:

francisco mata disse...

e sem duvida a melhor forma de rentabilizar o negocio e foi assim que aprendi pois fui atleta de alta competição e o meu coaching nos ilucidava da seguinte forma :parte emocional dentro e fora do campo o companheirismo as diversas adversidades do dia dia como enfrenta-las a atitude e postura dentro e fora do campo.parabens Dr,Nuno mais dez no top+

francisco mata disse...

E SEM DUVIDA UMAS DAS FORMAS DE RENTABILIZAR O NEGOCIO E FOI ASSIM QUE SEMPRE FUI ILUCIDADO DADO QUE FUI ATLETA DE ALTA COMPETIÇÃO E HABITUADO A TER O COACHING NA ORIENTAÇÃO NO EQUILIBRIO EMOCIONAL NA ATITUDE NO COMPANHEIRISMO E NA FORMA DE ESTAR NA VIDA PERANTE ALGUMAS ADVERSIDADES DO NOSSO DIA DIA. PARABENS DR. NUNO SUBIU MAIS DEZ VALORES NO TOPO+

Eduardo Buys disse...

Caro Nuno Batista,
publiquei um texto sobre COACHING, no Portal Administradores.Com.Br - http://www.administradores.com.br/artigos/coaching_como_administracao_de_carreira/23285/ -
e usei o 'ábaco' do seu blog sobre o assunto. Ví que seu blog está meio parado, mas é muito legal. Vou visitar tb seu outro endereço.
Visite-nos também, e deixe seu comentário.
Abraço, Eduardo Buys
- www.varejototal.zip.net

Diário do Administrador disse...

Olá Nuno Batista, estava fazendo uma pesquisa sobre o que é e para que serve o COACHING e acabei chegando até o seu blog. Gostei muito!
Sou estudante de administração no CEFET-MG em Belo Horizonte e temos (eu e meus coloegas de turma) um pojeto em nossa aula de TGA que temos que ter um blog e sempre mantê-lo atualizado. Se puder dar uma olhada e dizer o que achou, ficaremos felizes. Pode criticar, estamos lá para isso. Muito obrigada.
Adriana Gonçalves